2020 JÁ COMEÇOU: Saiba quem são os pré-candidatos à Prefeitura de Campina Grande

Foto: Reprodução

Falta mais de um ano para o pleito municipal que elegerá o próximo prefeito e vice de Campina Grande, entretanto nomes para a eleição de ambos os agrupamentos políticos – situação e oposição – começam a colocar o ‘bloco na rua’.

Deputados, ex-deputados, vereadores, ex-vereadores, secretárias, vice-governadora, senador, senadora e ex-senador são lembrados para o cargo.

Situação

O atual prefeito Romero Rodrigues (PSDB), que em 2016 foi reeleito no primeiro turno com quase 63% dos votos, possui em sua base 6 nomes fortes, são eles: os deputados Tovar Correia Lima (PSDB), Pedro Cunha Lima (PSDB), Manoel Ludgério (PSD), o ex-deputado Bruno Cunha Lima (sem partido), o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o vereador Márcio Melo (DC).

O clã Ribeiro também poderá lançar candidatura e inicialmente quer o apoio de Romero. A senadora Daniella Ribeiro, filha do atual vice-prefeito, Enivaldo, que em 2012 foi terceira colocada na disputa pela Prefeitura e Aguinaldo, irmão dela, todos do Progressistas, são os nomes. O vereador e filho da senadora, Lucas Ribeiro, é cogitado, nas rodas políticas, para compor chapa como vice.

Eva Gouveia, viúva do deputado Rômulo Gouveia (in memorin), presidente estadual do PSD e secretária de Assistência Social, é outro nome tratado como opção para composição de chapa diante da relação histórica com o grupo.

Existem ainda movimentações para que o PSL, partido de Bolsonaro, lance candidatura tendo o apoio de Romero, que poderá inclusive se filiar a sigla para eleições futuras. Julian Lemos, um deputados federais mais votados da cidade seria o candidato.

Oposição

Tendo em 2016 lançado mais de uma candidatura, a oposição trabalha para apresentar um único nome. Entre os cotados estão o deputado Inácio Falcão (PCdoB), a ex-primeira-dama e secretário de Estado, Ana Cláudia Vital (Podemos), a atual vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) e os vereadores Anderson Maia (PSB) e Dr. Olímpio (MDB), e o ex-vereador Napoleão Maracajá (Rede).

O senador Veneziano Vital (PSB), ex-prefeito da cidade, também tem seu nome lembrado pela oposição. Ele, porém, garante que irá cumprir seu mandato no Senado Federal na íntegra. No último pleito municipal, ainda pelo PMDB, Vené foi um dos candidatos contra Romero Rodrigues, tendo também como adversários Adriano Galdino (PSB), Arthur Bolinha (PPS), David Lobão (PSOL) e Walber Brito (PEN).

O Partido dos Trabalhadores (PT), internamente, já discute a possibilidade de lançar candidatura própria tendo a figura do ex-presidente Lula como principal cabo eleitoral.

Calendário

Até o dia 05 de agosto de 2020, data limite para a realização das convenções partidárias, haverão movimentações intensas de ambos as forças. A terra do ‘Maior São João do Mundo’, a julgar pelos fatos ocorridos no pleito estadual de 2018 e a participação ativa de tais nomes citados acima nos bastidores da política, protagonizará uma das mais acirradas disputas.

As eleições municipais de 2020, em primeiro turno, será realizada no dia 05 de outubro. Havendo segundo turno, a votação acontecerá no dia 25 de outubro.

Redação

Veja também:

Ponto eletrônico para servidores e deputados será implantado na ALPB, informa Adriano Galdino

Compartilhar