8ª Festa Estadual das Sementes da Paixão será em Soledade desta quarta (5) à sexta-feira (7)

Cartaz festa – Foto: divulgação

A 8ª “Festa Estadual das Sementes da Paixão” será realizada no município de Soledade, no Cariri da Paraíba, desta quarta-feira (5) à sexta (7). Com o tema “Comunidades guardiãs: protegendo a biodiversidade e garantindo alimentação saudável”, a festa será no Clube Recreativo de Soledade, na Rua Prefeito Inácio Claudino, nº 180, Centro.

A Festa acontece a cada dois anos, é uma iniciativa da Articulação do Semiárido Paraibano (ASA Paraíba), uma rede de organizações não governamentais, sindicatos e associações de promoção da agricultura familiar agroecológica. A ASA PB integra a Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA Brasil) que está organizada também nos outros nove estados do Semiárido, que são Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais.

A programação desta 8ª edição terá uma feira de produtos agroecológicos e sementes aberta ao público nos três dias de evento. No primeiro e segundo dias, haverá uma formação voltada para 200 agricultores vindos das sete microrregiões onde a ASA Paraíba atua no Cariri Oriental e Ocidental, Seridó, Agreste, Curimataú, Média Sertão, Alto Sertão e Borborema.

No segundo dia de evento, os participantes se dividirão em quatro oficinas simultâneas, parte delas acontecerá nas comunidades rurais da região. Já no último dia de evento, haverá ato público e uma caminhada pelas ruas centrais da cidade com a presença de cerca de mil pessoas.

A Festa fortalece o intercâmbio de experiências entre as famílias na gestão e conservação de sementes e serve para refletir sobre o avanço dos transgênicos no Estado, suas ameaças para a conservação das sementes crioulas, bem como definir estratégias de enfrentamento. Outro objetivo é construir propostas para subsidiar a formulação de políticas públicas de sementes na Paraíba.

Sementes – “Sementes da Paixão” é o termo pelo qual ficaram conhecidas na Paraíba as sementes nativas ou crioulas, adaptadas às condições climáticas e ambientais locais. Estas sementes se constituem num patrimônio genético selecionado e preservado por famílias agricultoras há várias gerações, os “guardiões e guardiãs”.

São armazenadas em silos, tonéis ou garrafas pet em bancos de sementes comunitários ou familiares espalhados pelo estado como uma estratégia para se ter a semente sadia e segura no momento certo de plantar, garantindo autonomia e segurança alimentar para os agricultores. O nome veio da “paixão” que os agricultores tem pela sua semente.

Programação
Quarta-feira (5)
19h – Abertura Oficial da Festa Estadual das Sementes da Paixão e Feira e Feira de Sabores e Saberes
Quinta-feira (6)
8h – Plenária: Reafirmação das lutas, conquistas e perspectivas para produção de sementes crioulas na Paraíba

  1. Atualização do avanço dos transgênicos e sugestões de enfrentamento (GT Biodiversidade ANA);
  2. Papel das pesquisas e as sementes da paixão (Embrapa);
  3. Perspectivas sobre o Programa de Sementes Crioulas (Governo da Paraíba);
    Debate
    12h – Almoço
    14h – Oficina 1: Atualização sobre o avanço dos transgênicos e estratégias de Resistência nos Territórios da ASA Paraíba. Local: Comunidade Pedra D’água dos Martins, São Vicente do Seridó.
    Oficina 2: Papel das pesquisas no resgate das sementes da paixão e proteção contra avanços dos transgênicos. Local: Soledade
    Oficina 3: Ameaça dos transgênicos para criação animal. Local: Soledade)
    Oficina 4: O papel dos bancos comunitários de sementes na conservação do patrimônio genético e no enfrentamento à contaminação dos transgênicos.
    Comunidade Capoeiras e Coalhada. Local: Cubati
    Oficina 5: As sementes da paixão e a comida de verdade no campo e na cidade
    Experiência da Escola Municipal de Soledade e CENEP. Local: Escola de Soledade
    18h – Jantar
    19h – Noite Cultural e Feira de Sementes da Paixão
    Teatro – Atuais hábitos alimentares (Grupo Caras e Bocas);
  • Falas sobre a comida de verdade;
  • Continuidade da Feira de Sementes;
  • Barraca de realização de testes de transgenia e emissão de certificado livre de transgênicos

Sexta-feira (7)
8h – Acolhida das Caravanas
9h30 – Caminhada
11h – Plenária de Encerramento e Afirmações de Compromissos
Falas políticas: Agricultor e Agricultora, CONSEA; ASA Brasil, Embrapa, Gestores públicos (Governo do Estado); ASA Paraíba.
13h – Encerramento.

Redação PB Debate com Ascom

LEIA TAMBÉM:

SÃO JOÃO: Circuito Junino do Vale do Piancó reunirá 16 cidades

Compartilhar

Enquete

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 4,1600
  • LibraR$ 4,8673
  • Peso Arg.R$ 0,0730
  • BitcoinUS$ 10.396,0000

Denuncie pelo WahtsApp