Ação popular visa anular doação de terreno ao Sítio São João, em Campina Grande

39
Vila Sítio São João (Foto: Divulgação)

Uma ação popular, apresentada nesta sexta-feira (22), pede a anulação da doação de um terreno de 24,8 mil m², avaliado em cerca de R$ 7 milhões, para a empresa ‘Memorial do Homem do Nordeste LTDA ME’. 

O pedido de anulação, movido por Rômulo Benício Lucena, foi protocolado na 3ª vara da Fazenda Pública do município. “Em liminar nós pedimos que a Justiça mande sustar qualquer ato de doação e sanção da lei”, disse o advogado André Motta, que assina a petição.

A doação foi aprovada nessa quinta-feira (21) pela Câmara de vereadores de Campina Grande e  tem gerado polêmicas desde então. A empresa beneficiada com o terreno promove a Vila Sítio São João, durante o ‘Maior São João do Mundo’.

O terreno doado fica localizado em uma das principais vias da cidade, a Avenida Floriano Peixoto. Durante o período junino várias atrações se apresentam no espaço. A entrada é paga, mas alunos de escolas públicas e instituições fazem visitas temáticas gratuitas.

As visitas gratuitas dos estudantes seriam uma das contrapartidas da doação do terreno. Além disso, o projeto prevê que a empresa deverá ceder o espaço para apresentações culturais organizadas pela Administração municipal.

A prefeitura garante que a contrapartida social será regulamentada através de decreto e a empresa beneficiada também se comprometeu, em nota, a manter o espaço aberto às escolas e instituições públicas.

SAIBA MAIS:

Direção da Vila Sítio São João vê politização em torno de doação de terreno

Vereadores justificam votos contrários a doação de terreno ao Sítio São João

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp