Adolescente acusa agricultor de assédio sexual no Sertão

Polícia – Foto: Ilustrativa

Uma estudante de 15 anos, procurou uma guarnição da Polícia Militar de Jericó, no Sertão da Paraíba, no final da manhã da última quarta-feira (12). Ela informou que se encontrava em sua casa, quando o agricultor, Francineldo de Oliveira da Silva, de 47 anos, a assediou com palavras e tentou abusar dela segurando pelos braços.

Segundo informações da Polícia, a estudante foi abordada pelo acusado, que perguntou se ela tinha feito café. A adolescente respondeu que não tinha pois nem ela nem seu marido tomavam café. Diante da resposta, segundo a estudante, o agricultor passou a fazer “gracejos” a vítima, dizendo palavras ofensivas.

“Ele disse que eu era muito gostosa e que tinha as pernas grossas, que iria comprar um short curtinho só para a ver a poupa da minha bunda”, descreveu a vítima do assédio ao policial plantonista. Ao desconfiar das intenções do acusado, a jovem pediu para o mesmo ir embora. Neste momento, ele tentou pegar em seus braços, conseguiu ainda pegar sua blusa, como se quisesse arrancar do seu corpo. A jovem conseguiu escapar e foi à polícia denunciar.

Uma guarnição da PM foi ao local e prendeu temporariamente o acusado. Ele e uma testemunha foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido junto ao delegado de plantão.

Redação PB Debate com Sertão Informado

LEIA TAMBÉM:

Após sofrer descarga elétrica em fábrica de redes, homem morre em cidade do Sertão

Compartilhar