Adriano Galdino anuncia saída do PSB e revela convites para presidir partido na Paraíba

Adriano Galdino (Foto: Top Mídia)

O presidente da Assembleia Legislativa (ALPB), Adriano Galdino, anunciou nesta terça-feira (10), que vai deixar o PSB. Ele é a primeira baixa do partido como consequência da crise interna da legenda, por conta da decisão anunciada nessa segunda–feira (9), pelo presidente Carlos Siqueira, que referendou o nome do ex-governador Ricardo Coutinho como presidente de uma Comissão Provisória Estadual, em substituição ao então presidente Edvaldo Rosas, que foi destituído do cargo.

Galdino disse que não tem como negar que o PSB da Paraíba está rachado e previu ser impossível a pacificação política entre Ricardo Coutinho e o governador João Azevedo. “Não fico mais no PSB mesmo que a situação seja pacificada, “o que não acredito”, completou.

Galdino afirmou ainda que tem tempo para se decidir sobre sua filiação a uma nova legenda, mas foi enfático ao dizer que só entrará num partido para ser o seu presidente, e acrescentou que tem convites do Avante, Patriota, PTB e Republicanos.

O presidente da Assembleia da Paraíba culpou diretamente o ex-governador Ricardo Coutinho e o presidente nacional Carlos Siqueira pela crise no PSB paraibano.

VEJA TAMBÉM:

Veneziano segue João: Senador também não aceita compor comissão provisória do PSB

Compartilhar