Aluno da UEPB é preso suspeito de roubo à malote dentro da universidade em abril

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Crimes Contra o Patrimônio de Campina Grande DRF/CG, prendeu hoje (18) mais um acusado de participação do roubo a malote de transportadora de valores, dentro das dependências da UEPB, em 1 de abril de 2019.

Foi preso o nacional Luandy Henrique de Oliveira Agra, 30 anos, em sua residência no bairro do Monte Santo, além do mandado de prisão pelo crime já citado, em cumprimento a mandado de busca e apreensão judicial, o suspeito foi flagrado de posse de uma pistola calibre 38 SUPER (municiada) e cerca de meio quilo de cocaína, além de balança de precisão e demais apetrechos para o tráfico de drogas.

O preso é aluno da citada universidade. A arma apreendida em poder de Luandy foi subtraída em um assalto ocorrido na cidade de Boqueirão, em junho do corrente ano, quando uma quadrilha fortemente armada (com pelo menos dois fuzis) tomou por assalto um malote de valores de um posto de combustível e um supermercado, além da arma do segurança.

O suspeito Luandy também foi reconhecido em outro crime, quando abandonou o veículo Kia Sportage utilizado no assalto da UEPB e roubou outro automóvel na cidade de Boqueirão.

Indícios apontam que Luandy estaria envolvido em outros assaltos a instituições Financeiras e Agências dos Correios em várias cidades da Paraíba, já tendo sido preso em 2010 por assalto em João Pessoa e em 2013 por assalto em Campina Grande.

Foram apreendidas também “fardas” da UEPB e roupa que supostamente Luandy teria usado em um dos crimes citados.

O preso encontra-se recolhido na Central de Polícia Civil e será encaminhado ao Judiciário para audiência de custódia.

Compartilhar