Anvisa libera cultivo de maconha medicinal para associações

Imagem: Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai liberar o cultivo de maconha para fins medicinais para as associações. A informação foi concedida nesta quarta-feira após debate sobre o assunto.

Uma das associações que desenvolvem trabalho com o produto é a Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace Esperança), que atende pacientes de todo o Brasil disponibilizando óleos e pomadas para mais de mil pessoas com várias doenças e transtornos.

Para poder plantar a maconha de uso medicinal, as associações vão precisar seguir a regulamentação determinada pela Anvisa. Veja abaixo os requisitos necessários.

  • Autorização de Funcionamento de Empresas (AFE) e Autorização Especial;
  • Boas Práticas de Fabricação de Insumos farmacêuticos (RDC 69/2014);
  • Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos (RDC 17/2010);
  • Normativas de Registro de Medicamentos
  • Registro no Ministério da Saúde;
  • Ser reconhecido como seguro e eficaz através de comprovação científica e de análise e possua a identidade, atividade, qualidade, pureza e inocuidade necessárias.

VEJA TAMBÉM:

Após 24 horas do sepultamento do genro, sogra morre devido a problemas de saúde

CONFUSÃO: Mulher casada que beijou cantor em show vai à Justiça e diz que marido não é corno

Compartilhar