Ataque a banco teve participação de fugitivos do PB1

Polícia – Foto: Ilustrativa

Dois fugitivos da Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes, o PB-1 estão entre os acusados de assaltar uma agência bancária, na manhã desta segunda-feira (7), em João Pessoa. O presídio foi atacado no dia 10 de agosto do ano passado e 92 detentos fugiram.

O ataque à agência bancária aconteceu no meio da manhã, em uma agência bancária na Avenida Epitácio Pessoa, na capital. Um dos suspeitos chegou a fazer uma pessoa refém, mas a vítima foi liberada em seguida.

Na fuga os bandidos trocaram tiros com a polícia e um cabo foi atingido e socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma da capital. Mais de 200 agentes da polícia estão nas ruas para tentar capturar os suspeitos.

De acordo com informações da polícia, dois suspeitos de integrarem o grupo teriam assaltado a mesma agência bancária no ano de 2017. O carro que foi abandonado pelo grupo passou por perícia e foram coletadas impressões digitais e material que será examinado.

Fonte: T5

Compartilhar