Campanha do governo pela abstinência sexual começa em fevereiro

19
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A primeira campanha do governo federal para promover a abstinência sexual como meio de evitar a gravidez na adolescência deve chegar às ruas no dia 3 de fevereiro. A estratégia de marketing para divulgar o que o governo chama de “iniciação sexual não precoce” está sendo desenhada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos em conjunto com o Ministério da Saúde e terá foco inicial nas redes sociais. A campanha pretende alcançar o público de 10 a 18 anos, informa o jorna O Globo.

O objetivo é mostrar aos jovens os benefícios de adiar o início da vida sexual. De acordo com o secretário nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maurício José Silva Cunha, a argumentação não é pautada em elementos religiosos e sim em estudos científicos.

O psiquiatra Jairo Bouer, que trabalha há cerca de 30 anos com adolescentes, classifica a iniciativa como inócua e irresponsável. “Ninguém consegue impor abstinência ao outro. As pessoas decidem iniciar a vida sexual quando têm desejo e quando estão preparadas”, diz ele ao jornal Folha de S.Paulo.

VEJA TAMBÉM:

Bolsonaro descarta tirar Ministério de Moro, que cria perfil no Instagram e ganha mais de 600 mil seguidores

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp