Católicos doam 22 mil latas de leite para crianças com câncer na Paraíba

14
(Foto: Reprodução)

Exatas 22 mil latas de leite foram doadas pelos fiéis da Paróquia Nossa Senhora das Mercês, em Cuité (PB), a crianças com câncer assistidas pela Associação Donos do Amanhã. E não bastou entregar aos dirigentes da instituição, jovens e idosos fizeram questão de, por meio de uma corrente humana, carregar as caixas e abastecer o caminhão responsável pelo transporte do alimento.

Esse grande ato de solidariedade marcou a missa solene do Batismo do Senhor, no último domingo (12), na pequena cidade paraibana, que fica a 235 quilômetros de João Pessoa. O leite arrecadado durante 2019 vai garantir que meninos e meninas, em fase de tratamento contra o câncer, tenham os nutrientes adequados e necessários para vencer a doença.

“Pudemos vivenciar a prática da justiça e da caridade, fortalecendo um coração misericordioso e integrador como o de Jesus. Que Deus abençoe a cada um que participa direta ou indiretamente e que neste ano possamos nos unir ainda mais para superarmos mais uma vez a meta da campanha”, afirmou o pároco, padre Severino Firmino, que em 2018 havia arrecadado 17 mil latas de leite.

A campanha a qual o sacerdote se refere acontece durante todo o ano. As doações são enviadas diariamente de várias igrejas da Diocese de Campina Grande (PB), da qual a paróquia de Cuité faz parte, mas também de outras dioceses e instituições que se unem em um gesto de amor e solidariedade.

A Associação Donos do Amanhã

A Associação Donos do Amanhã foi fundada em 2005 por iniciativa da médica Andréa Gadelha e colaboradores que se propuseram a fazer doações e prestar trabalho voluntário com o objetivo de oferecer apoio material, afetivo e psicológico necessários para boa qualidade de vida das crianças e adolescentes com câncer.

A instituição atende crianças e adolescentes de todo o Estado da Paraíba e que recebem tratamento médico em João Pessoa. Os pequenos pacientes diagnosticados com a enfermidade são encaminhados para a associação, que prontamente os enquadra no sistema de atendimento, fornecendo apoio logístico durante o tratamento.

Atualmente, a entidade tem cerca de 200 beneficiados, cujos auxílios incluem alimentação, local para descanso e espera do atendimento ambulatorial, informações sobre o tratamento e orientações para obter documentação, além dos cuidados e da atenção carinhosa prestados pela equipe de atendentes e voluntários.

Fonte: CNBB NE2

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp