Cine Capitólio sofre com deterioração e abandono da atual gestão

O prédio do antigo ‘Cine Capitólio’, no Centro de Campina Grande, permanece entregue ao acaso. Apesar da Prefeitura ter realizado projeto para revitalização do equipamento no ano passado, o teatro continua com a estrutura física totalmente deteriorada e correndo riscos de desabamento.

O comerciante Alcimar de Andrade, disse lamentar ver o cinema, que já foi um dos grandes pontos de cultura da Rainha da Borborema, no abandono que se encontra atualmente. “Sou comerciante há mais de 15 anos e fico triste em ver um espaço desse abandonado do jeito que está. Além de ser um espaço público família, aqui poderia empregar muita gente”, afirmou.

Há três anos, a estrutura do prédio foi condenada pela Defesa Civil do município. De acordo com os laudos, toda estrutura do ‘Cine Capitólio’ corre riscos de desabamentos. Por conta dos danos no prédio, os técnicos da Defesa Civil de Campina recomendaram a demolição do equipamento.

O abandono do prédio e a falta de fiscalização na estrutura é uma das preocupações do funcionário público Marcos Azevedo. “O prédio foi interditado, corre risco de desabar, mas a prefeitura não fez nada. Uma tragédia pode ocorrer a qualquer momento e nós, que passamos todo dia no local, podemos ser vítimas dessa negligência”, ressaltou o funcionário público.

A revitalização do ‘Cine Capitólio’ foi uma das promessas de campanha do atual prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues. Na época, o candidato prometeu transformar o local em Centro Cultural.
História

O ‘Cine-Theatro Capitólio’ foi inaugurado em 20 de novembro de 1934. Além da exibição cinematográfica, o Capitólio era palco dos grandes eventos teatrais, sociais, políticos e culturais da época. Carlos Lacerda, Assis Chateaubriand, Dalva de Oliveira e Cauby Peixoto foram alguns dos nomes que passaram pelo local.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *