CONTAS REPROVADAS: Ex-prefeito paraibano terá que devolver R$ 1,4 milhão

Foto: Ascom/TCE

Déficit orçamentário e financeiro, não recolhimento de obrigações previdenciárias e despesas sem comprovação foram as principais irregularidades que levaram o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) a reprovar as contas anuais das Prefeituras de São José dos Ramos – gestão do prefeito Eduardo Gindre Caxias de Lima, no exercício de 2017, e Umbuzeiro de 2015, quando era gestor Thiago Pessoa Camelo.

Thiago, ex-prefeito de Umbuzeiro, foi responsabilizado pela quantia de R$ 1.408,665, a ser ressarcida aos cofres do município no prazo de 60 dias, além de multa no valor de R$ 8.000,00. Ainda cabem recursos.

As contas foram julgadas durante sessão realizada nessa quarta-feira (14).

VEJA TAMBÉM:

Deputado solicita ao Ministério da Infraestrutura retomada das obras de duplicação da BR-230

Compartilhar

Enquete

Quem é o melhor candidato (a) do grupo de OPOSIÇÃO para a prefeitura de Campina em 2020?

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 3,9200
  • LibraR$ 5,0086
  • Peso Arg.R$ 0,0933
  • BitcoinUS$ 3.999,3800

Denuncie pelo WahtsApp