Corpo de Ceiça é encontrado na tarde desta quarta (21) em pontilhão no município de São José de Espinharas

O corpo da funcionária da Raboni Calçados, Maria da Conceição, de 32 anos, residente em Patos, desaparecida desde a quinta-feira, 15, foi encontrado no começo da tarde desta quarta-feira, 21, debaixo de um pontilhão no município de São José de Espinharas. A informação já foi confirmada pela polícia, que está no local.

O principal suspeito da morte dela é o ex-companheiro, Jozinaldo Queiroga da Costa que tinha 33 anos de idade, conhecido por “Naldo”, encontrado morto por meio de enforcamento na zona rural de Quixaba (cerca de 14Km de Patos) no último dia 16, sexta-feira da semana passada.

O delegado Galdêncio Neto (DHE) que está à frente do Inquérito Policial aberto sobre o caso e comandou as buscas pelo corpo de Ceiça já havia confirmado a imprensa que Naldo tinha deixado gravado um vídeo que confirmou a morte da jovem e a desova do cadáver.

Segundo as primeiras informações o corpo foi localizado embaixo de uma passagem molhada entre o distrito de Santa Gertrudes e São José de Espinharas.

O corpo de Ceiça passará agora por perícia para saber como foi sua morte e depois será liberado para que os familiares possam providenciar o sepultamento. Ela deixa órfãs duas filhas. Uma das meninas era filha biológica de Naldo.

O corpo foi levado para para exame cadavérico no Instituto Médico Legal de Patos.

Fonte: Portal Patos

Compartilhar