Cosems-PB emite nota de repúdio contra pronunciamento presidencial

47
Foto: Ascom/Cosems-PB

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB), por meio da presidente Soraya Galdino, emitiu nota de repúdio ao pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) que, em cadeia nacional, pediu que à população volte a trabalhar, deixando assim o isolamento social, medida de prevenção do contágio do Coronavírus.

Para o Cosems-PB, as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do próprio Ministério da Saúde precisam ser respeitadas por todos.

NOTA DE REPÚDIO

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB) repudia as declarações do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, que nesta terça-feira ((24), criticou as medidas restritivas tomadas pelos Estados e municípios como forma de prevenção à Covid-19.

Nós entendemos que infelizmente haverá muitos prejuízos econômicos, mas a saúde e a vida humana se impõe em todos os cenários. Lembramos que as medidas restritivas são decorrentes de orientação da Organização Mundial de Saúde e do próprio Ministério da Saúde.

O Cosems-PB recomenda aos gestores confiarem nas ações que estão sendo tomadas com isolamento para casos que venham a serem registrados, quarentena para os suspeitos e afastamento social de toda a população.

A nossa orientação é para que os gestores sigam firmes diante dos decretos publicados e atentos ao cumprimento dos protocolos preconizados pelas autoridades de saúde.

ACESSE TAMBÉM:

Secretário de Saúde revela que pessoas diagnosticadas com Coronavírus na Paraíba estão curadas

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 5,3100
  • LibraR$ 6,3539
  • Peso Arg.R$ 0,0793
  • BitcoinUS$ 6.231,2000

Denuncie pelo WhatsApp