DIA DO SONO: Distúrbios devem ser curados com profissionais e não com automedicação

Sono fora de hora – Foto: ilustrativa

Para que os insones possam aproveitar melhor a vida, quem tem esse tipo de problema não deve se automedicar, indica a especialista em Medicina do Sono e otorrinolaringologista, Valéria Marquis. Ela fará uma orientação aos usuários do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC) sobre a importância dos cuidados do sono para uma vida saudável. A ação será nesta sexta-feira (15), Dia Mundial do Sono, das 8h às 12h, no Centro de Assistência Especializada de Saúde e Ensino (Caese).

“Um alerta que nós damos é não usar a auto-medicação, não é recomendado. Às vezes, os pacientes só precisam de uma higiene do sono, que são hábitos que passamos a desenvolver da hora de acordar até a hora de dormir. Bons hábitos como alimentação, exercícios físicos, rotinas com horários, deitar e dormir sempre na mesma hora, entre outros. O quarto deve ser um ambiente agradável. Não levar aparelhos eletrônicos antes de dormir para a cama”, sugeriu a médica.

Valéria informou que muitos distúrbios do sono estão associados com doenças neurológicas, demências ou doenças mentais, como o transtorno de ansiedade. “Cada caso tem que ter um tipo de acompanhamento. A má qualidade de sono leva a má qualidade de vida. Por isso estamos focando a campanha deste ano nessas práticas, antes de falarmos em medicamentos”, disse.

Como em todas essas ações, o Hospital Universitário vai contar com a participação de estudantes do curso de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Eles farão aplicação de questionários validados, para aferir como está a qualidade do sono dos usuários do hospital. A iniciativa integra a campanha nacional promovida pela Sociedade Brasileira de Medicina em parceria com a World Sleep Association, com o tema “Dormir bem é envelhecer com saúde”.

HUAC – Os discentes estarão, nesta campanha, sob supervisão de Valéria Marquis, que é professora da UFCG. O HUAC é vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), empresa pública que presta serviços gratuitos de assistência médico-hospitalar, ambulatorial e de apoio diagnóstico e terapêutico.

Valdívia Costa com Ascom

LEIA TAMBÉM:

MPF INVESTIGA: Valor abusivo do combustível em Monteiro

Compartilhar

Enquete

Quem é o melhor candidato (a) do grupo de OPOSIÇÃO para a prefeitura de Campina em 2020?

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 3,9200
  • LibraR$ 5,0086
  • Peso Arg.R$ 0,0933
  • BitcoinUS$ 3.999,3800

Denuncie pelo WahtsApp