Fábio Maia afirma que UEPB “precisa fazer o dever de casa e cortar despesas”

Foto: Reprodução

Durante entrevista a Rádio Caturité, na manhã desta terça-feira(09), o Secretário Executivo de Orçamento e Gestão da Paraíba, Fábio Maia, voltou a tecer críticas a forma que a UEPB destina os recursos financeiros. Segundo Maia a Universidade destina um percentual maior do que outras instituições e orgãos do estado, cerca de 80% do orçamento, em pagamento de folha pessoal.
Para exemplificar o Secretário citou que os recursos federais do Fundeb, por lei, são aplicados apenas 60% em pagamento de folha pessoal, e por lei a UEPB deveria aplicar 50% de seus recursos em folha pessoal, e o restante aplicados nas demais áreas.
“Você não pode ser apenas uma instituição de pagamento de folha de pessoal,a universidade tem que desbruçar, fazer seu dever de casa e entender que nesse momento é preciso fazer cortes. A UEPB tem sua autonomia e sabe o que precisa ser cortado,eles precisam entender que o governo não é um saco infinito de dinheiro.É impossível hoje, na situação financeira que nos encontramos, que as instituições comprometam 80% de seus recursos com folha de pessoal”, afirmou.
Maia acrescentou que os mais R$ 500 milhões em obras por todo o estado, anunciado ontem pelo Governador Ricardo Coutinho, se deve aos cortes e ao enxugamento realizado em toda a estrutura da administração estadual, e que a UEPB necessita realizar um mesmo procedimento com a autonomia que possuí.
“Tenho certeza que nesse quesito com a UEPB o bom senso prevalecerá. Cada um precisa resolver a sua questão interna e cortar aonde for preciso, como o governo do estado fez com diversos orgãos”, finalizou Maia.

Paraíba Debate

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *