Família Feliciano não apresentará nome na disputa de 2016, mas o PDT deve compor com o PMDB e PSB

Reunião Ordinária

Apesar de em 2014, o PDT ter indicado o nome da atual vice-governadora Lígia Feliciano esposa do deputado federal Damião Feliciano, o partido não deve apresentar nomes para as próximas eleições em Campina Grande e outras cidades paraibanas, atuando apeanas como coadjuvante.

A legenda conseguiu se destacar nas últimas eleições, tendo inclusive, disputado a PMCG. Em 2004, Lígia Feliciano foi candidata a vice prefeita na chapa encabeçada pelo deputado federal Rômulo Gouveia. Em 2014, o PDT e do PSL fecharam uma parceria no Brejo paraibano. O acordo previu “dobradinha” entre os deputados federal Damião Feliciano, do PDT, e estadual, Tião Gomes, do PSL, e está, pelo menos por enquanto, restrito ao campo proporcional.

Para 2016, em Campina Grande terra da atual vice-governadora e do deputado federal o PDT apesar de não indicar nenhum membro da família segundo trouxe neste domingo (02) a coluna A Parte do Jornal da Paraíba, o partido deve compor com o PMDB e PSB que tem como nome mais forte o do ex-prefeito e atual deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB).

Fonte: PBAGORA

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *