FEMINICÍDIO: Mulher é morta a facadas, o marido é preso e confessa crime “por ciúmes”

Rauenia – Foto: arquivo pessoal

Mais uma mulher foi encontrada morta, na tarde desta terça-feira (11), na sala da própria casa, na cidade de Cabedelo, no Litoral da Paraíba. A vítima identificada por Rauênia Rodrigues de Oliveira, tinha 32 anos, e morava no bairro de Camalaú, onde foi assassinada a facadas, na Região Metropolitana de João Pessoa. O único suspeito era marido da vítima e foi preso tentando fugir num ônibus.

A polícia foi acionada por vizinhos da mulher, que ouviram gritos na casa dela durante a tarde. O principal suspeito de cometer o crime foi detido em flagrante pela Polícia Militar e encaminhado para a Central de Polícia, localizada no bairro do Geisel, em João Pessoa.

A prisão foi realizada pela Força Tática da 6ª Companhia Independente. Após saber do crime, policiais reuniram informações que levaram até o acusado, que estava dentro de um ônibus e tentava fugir em direção à Capital.

O acusado alegou que tinha saído para entregar currículos em busca de emprego. Quando chegou em casa, encontrou um cunhado da vítima na residência. Com ciúmes, ele começou uma luta corporal com o outro homem e com a esposa, que acabou ferida pelas facadas. A versão ainda será investigada pela Polícia.

A  Delegacia Especializada da Mulher de Cabedelo informou que o homem não tinha passagem pela polícia. Ele seria ouvido nesta quarta (12) e em seguida encaminhado para um dos presídios da cidade.

Redação PB Debate com Rembrandt

LEIA TAMBÉM:

Homens são presos em Guarabira e CG com dezenas de celulares e assessórios para jogar dentro dos presídios

Compartilhar

Enquete

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 4,1600
  • LibraR$ 4,8673
  • Peso Arg.R$ 0,0730
  • BitcoinUS$ 10.396,0000

Denuncie pelo WahtsApp