Gás de cozinha sofre novo reajuste a partir desta quarta (27)

Depósito de gás – Foto: Conexão Minas

A  Petrobrás anunciou um novo reajuste para o gás de cozinha que começa a vigorar a partir desta quarta-feira (27).  Dessa vez, o percentual de 4,0 %, está baseado nos cálculos do Preço Médio Ponderante Fiscal (PMPF) que é resultado de uma pesquisa de mercado que identifica a diferença dos valores praticados no comércio e sobre ela aplicada a alíquota do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Na prática, isso significa dizer que o botijão de gás GLP de 13 kg, que hoje está sendo comercializado entre R$ 70,00 e R$ 75,00 à vista, terá um aumento de aproximadamente R$ 3,00. O preço da unidade pode variar de um estabelecimento para outro, em virtude da livre concorrência.

A direção do Sinregás PB – Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba, explica que nos últimos 30 dias, foram registrados dois reajustes que não foram repassados e que agora foram incorporados a essa nova tabela que atinge o consumidor final. “Não temos como absorver aos custos das revendas esse novo aumento, já que é o terceiro dentro de um curto período de apenas um mês”, disse Marcos Antônio Bezerra – Presidente Sinregás – PB.

Na área da grande João Pessoa, o número de pontos de venda chega a 500 estabelecimentos comercias autorizados, sendo quase 300 postos de revenda estão distribuídos somente na capital.

A Petrobrás também decidiu alterar o preço do GLP industrial e comercial. Mas, nesses dois segmentos, o percentual foi de apenas 0,6%. Com a alteração, os preços dos dois produtos foram igualados.

O Farol

LEIA TAMBÉM

Aposentados e pensionistas do INSS começam a receber 13°

Compartilhar