GREVE NA UEPB: Reitor sugere instalação de CPI na Assembleia Legislativa

Durante entrevista a Rádio Caturité, na manhã desta quinta-feira(12), o reitor da Universidade Estadual da Paraíba(UEPB) fez uma avaliação dos 30 dias da greve na instituição. Segundo Rangel já foram realizadas reuniões tanto com os representantes dos docentes como dos servidores técnico-administrativos, frisando que o canal de diálogo está sendo aberto.

“O que nos continuamos esperando e torcendo é que a negociação continue sendo aberta, já que a greve é prejuizo não só para os alunos mas para os professores, funcionarios e apara própria instituição”, destacou.

O reitor elogiou uma iniciativa do deputado Tovar Correia Lima(PSDB), que apresentou um requerimento na Assembléia pedindo que fosse realizado uma auditoria nas finanças da UEPB. O gestor disse que essa é uma atitude louvável, e sugeriu que ao invês de uma auditoria seja instalada uma Comissão Parlamentar de Inquérito(CPI) na Assembleia Legislativa para ampliar as discussões.

“Essa iniciativa tem todo o apoio da Universidade, até para esclarecer os setores que dizem que há ingerência ou inabilidade na gestão. Será uma iniciativa brilhante e muito louvável,uma CPI teria uma participação de outros setores da sociedade. O que nós louvamos é de que esse impasse fosse feito uma CPI para que todas as duvidas sejam sanadas”, finalizou Rangel.

Paraíba Debate

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *