Irmã de agente de trânsito morto é presa acusada de liderar quadrilha que fraudava concursos

Uma das pessoas presas pela Polícia Civil nesta sexta-feira (12) acusadas de participar de uma quadrilha especializada em fraudar concurso públicos foi a irmã do agente de trânsito Diogo Nascimento, atropelado e morto por um empresário em João Pessoa em janeiro.

De acordo com informações extraoficiais, ela seria uma das líderes do grupo criminoso. Além dela, outras cinco pessoas foram presas nessa fase da Operação Gabarito, sendo uma estudante de medicina, um policial, um fiscal de obras da Prefeitura de Santa Rita e um funcionário do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran). Outro funcionário do Detran segue foragido.

Todos são suspeitos de participar da organização que já atuou em pelo menos 60 concursos no Nordeste. A organização criminosa atuava nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas, Pernambuco, Piauí, Maranhão e outros estados. Entre os concursos, estão certames em andamento, já iniciados e outros ainda a serem autorizados.

Redação com Paraíba.com.br

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enquete

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 4,2700
  • LibraR$ 5,4043
  • Peso Arg.R$ 0,0687
  • BitcoinUS$ 7.145,5000

Denuncie pelo WahtsApp