João Azevedo abre Salão do Artesanato em João Pessoa

8

governador Azevêdo participou, nessa sexta-feira (10), da abertura oficial do 31º Salão do Artesanato Paraibano, que acontece até o dia 2 de fevereiro, das 15h às 22h, em uma grande estrutura na Avenida Cabo Branco, na orla de João Pessoa. Com o tema “Metal que vira arte”, o evento homenageia 12 artesãos que trabalham com a tipologia metal e deve receber um público de mais de 100 mil pessoas. A expectativa é que o Salão gere um volume de negócios em torno de R$ 1,3 milhão. 

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual visitou todos os estandes montados no Salão do Artesanato e recebeu o reconhecimento dos artesãos pelo compromisso de promover o evento na orla da Capital paraibana, em um período que o local recebe um grande fluxo de turistas. O evento também foi marcado pela apresentação do artista João de Deus, com a performance ‘Metal que vira arte’, inspirada na obra ‘Dom Quixote’. 

Em seu pronunciamento, o governador João Azevêdo destacou o potencial econômico do artesanato paraibano e reforçou o empenho do governo para assegurar as condições necessárias para o fortalecimento das ações voltadas para a área no estado. “Eu não tenho dúvida nenhuma de que esse será o maior Salão realizado no estado porque representa a realização de um pleito de todos os artesãos que almejavam trazer de volta a feira para a praia, em um momento que a cidade está repleta de turistas. Esse foi um esforço muito grande, que pode ser visto a partir da estrutura montada para que hoje tivéssemos as condições de ter um evento tão belo. O que estamos fazendo aqui é reconhecer o artesanato enquanto segmento econômico importante e eu agradeço a todos os artesãos, que embelezam e contam a nossa história”, frisou. 

Ele também lembrou das ações da gestão estadual para garantir a participação dos artesãos em grandes feiras nacionais e estaduais. “O Governo do Estado tem buscado, desde 2019, fazer com que o artesanato atinja os melhores momentos de sua história com a realização de eventos como esse e assumo o compromisso de sempre realizar o Salão na praia porque eu sei dos resultados positivos e dos bons negócios que serão gerados”, acrescentou.

A primeira-dama e presidente de honra do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), Ana Maria Lins, evidenciou a importância do trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado para atender as expectativas dos artesãos. “O Salão está belíssimo, as peças são de uma beleza singular e tenho certeza do sucesso do evento porque os nossos expositores estão motivados a promover uma grande feira nesse espaço estratégico. Nós temos feito um trabalho de acompanhamento com muito carinho e dedicação, pois reconhecemos a importância de cada um para o desenvolvimento do nosso estado, que tem uma cultura tão rica e valorizada pela gestão”, pontuou.  

O secretário do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Gustavo Feliciano, evidenciou a importância do evento para a fomentação da economia do Estado e agradeceu as parcerias com diversos órgãos para a realização da feira. “O retorno do Salão à praia é essencial, pois a cidade recebe um grande fluxo de turistas nesta estação que têm a oportunidade de conhecer o trabalho de artesãos de diversas regiões do estado. Além disso, retornamos a parceria com o Sebrae e contamos com a ajuda de vários setores do governo e da primeira-dama Ana Maria Lins, que tem realizado um trabalho extraordinário para que nosso artesanato volte a ter a pujança e seja referência”, declarou. 

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp