Jovens Agricultores vão cadastrar Proprietários Rurais

Jovens agricultores do Semiárido paraibano irão cadastrar aproximadamente 440 proprietários rurais da Paraíba nos próximos dois meses. A ação tem como objetivo garantir a ampliação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) em assentamentos e propriedades de agricultura familiar. A partir de maio de 2016, o proprietário rural que não estiver cadastrado, não terá acesso às políticas públicas de desenvolvimento rural, a exemplo de créditos bancários e outros benefícios.

A ampliação do cadastro foi discutida quarta-feira pela manhã, no Cine São José, em Campina Grande, por representantes da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase) e pelo Instituto de Terras e de Planejamento Agrícola (Interpa).

No total, 20 jovens já foram capacitados pelo Pronase para iniciarem o cadastro, por meio do manuseio de receptores GPS, de 440 propriedades rurais nas regiões do Cariri, Curimataú, Seridó e Sertão.

“A partir da próxima segunda-feira já estaremos viajando para cadastrarmos proprietários rurais dessas localidades. A princípio não estamos recebendo por isso, mas nós ganhamos a capacitação do Pronase e o GPS. Depois desse primeiro momento, os proprietários que não se cadastrarem deverão nos procurar e pagar pelo serviço. Então é uma grande oportunidade pra gente”, disse o jovem agricultor José Mário da Silva, de 26 anos, morador do assentamento Novo Campo, zona rural de Barra de São Miguel, no Cariri paraibano.

De acordo com o superintendente da Sudema, José Vicente Machado, mais de 500 mil proprietários rurais devem ser cadastrados em todo o Estado até o dia 31 de abril de 2016. “É claro que depois dessa data, quem não tiver tido acesso a esse cadastro ainda poderá fazê-lo. No entanto, estamos mobilizando as prefeituras e outros parceiros para orientar os agricultores que, depois dessa data, não terão acesso às instituições creditícias”, explicou.

Da redação.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *