“Me expulsar do PSB, neste momento, será um prêmio”, declara Galdino sobre racha entre Azevêdo e Coutinho

Foto: Top Mídia

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), está insatisfeito com os problemas do partido e vem falndo sobre isso desde a segunda (9). Na manhã desta terça-feira (10), ele falou mais uma vez do rompimento entre o atual governador João Azevêdo e o ex Ricardo Coutinho, ambos do PSB. Com os impasses, ele disse que, se expulsarem ele do partido, neste momento, será um “prêmio”.

Adriano esclareceu que, para ele pedir para sair do PSB, só pode em 2022. Alguns pontos do grande problema que está minando as bases políticas do partido foram abordados na entrevista aos jornalistas Valderedo Borba e Márcio Rangel, no programa Paraíba Verdade da Arapuan FM de Campina Grande, Adriano fez críticas ao ex-governador, por telefone.

Veja trecho da entrevista, que está no meio do vídeo:

Acompanhe o Paraíba Verdade com Márcio Rangel e Valderedo Borba na Arapuan 107,3 FM.#arapuanFM #arapuanCG📞📱Participe do programa através do nosso telefone (83) 3322-6628 ou ainda pelo whatsApp: (83) 9 98195-0212

Posted by Arapuan FM – Campina Grande on Tuesday, September 10, 2019

Crise – A crise se instalou no partido após o diretório nacional do PSB informar que a presidência estadual deverá ficar mesmo sob a liderança de Ricardo. O mesmo diretório convidou o atual governador para assumir a vice-presidência estadual da legenda, no entanto, João Azevêdo recusou o convite e escreveu em carta os seus motivos. Leia aqui.

Redação PB Debate

LEIA TAMBÉM

Adriano Galdino rasga o verbo sobre briga interna do PSB e fala sobre erros de Ricardo Coutinho

Compartilhar