Ministério Público da Paraíba seleciona para estágio remunerado

Senac de Campina Grande (Foto: Divulgação)

O Ministério Público da Paraíba abriu edital para seleção de estágio destinado a estudantes do curso superior de Ciências da Computação da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). São oferecidas oito vagas, sendo uma para pessoa com deficiência.

Os selecionados desempenharão atividades de apoio ao Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), junto ao Laboratório Analytics da UFCG. O período de inscrições foi aberto na quinta-feira (11) e se estenderá até a próxima segunda-feira (22).

Para concorrer às vagas, além de estar regularmente matriculado no curso específico, os interessados precisam ter coeficiente de rendimento escolar (CRE) mínimo de 6,0; ter concluído pelo menos o 3º período; ter idade mínima de 18 anos no ato da convocação e disponibilidade de estagiar por, no mínimo, seis meses.

Os estudantes interessados deverão preencher a ficha de inscrição disponibilizada no site do Ministério Público do Estado da Paraíba (http://www.mppb.mp.br/concursosmppb), no período das 12h do dia 11 de abril de 2019 até as 19h do dia 22 de abril de 2019; e encaminhá-la, juntamente com o histórico escolar atualizado (com período do curso e CRE) para o e-mail (estagio@mppb.mp.br) ou entregar pessoalmente no Departamento de Recursos Humanos do MPPB, na Rua Treze de Maio, 677 – Anexo V, Centro de João Pessoa, nos horários das 12h às 19h, de segunda-feira a quinta-feira, e das 07h às 13h, nas sextas-feiras.

De acordo com o edital, os estudantes que não receberem o e-mail de confirmação da inscrição devem comunicar-se o mais breve possível com o Departamento de Recursos Humanos, através dos telefones de contato: (83) 2107-6069 /(83) 2107-6070. Serão selecionados os estudantes que obtiverem os melhores CRE. Em caso de empate, será dada preferência aos candidatos que tiverem maior tempo de curso e maior idade.

O resultado do processo seletivo será divulgado no Diário Oficial Eletrônico do MPPB em data a ser definida. A convocação dos classificados será por contato telefônico ou e-mail. O processo seletivo terá validade de dois anos, a contar da data da assinatura do edital do resultado final, podendo ser prorrogado por mais dois anos. O edital é assinado pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho.

Os contratados deverão dar uma jornada de estágio com carga horária de 20 horas semanais, não podendo ultrapassar seis horas diárias. Eles receberão uma bolsa no valor de R$ 492,20 e mais R$ 107,80 de auxílio-transporte. Também terão direito a seguro contra acidentes pessoais e obterão certificado, ao final do estágio.

Os estagiários desenvolverão atividades de soluções analíticas de dados abertos, de acordo com o princípio da ciência de dados, além de outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade que venham a ser determinadas. Entre os produtos que podem ser desenvolvidos pelos estagiários estão ferramentas construídas com inteligência computacional, a exemplo da “Empenhados” e “Capital dos Candidatos”, que foram desenvolvidas em programa de estágio anterior.

Compartilhar