Motorista de aplicativo e passageiro são assaltados, sequestrados e abandonados em Lagoa Seca

Assaltos – Foto: ilustrativa

Dois jovens, um de 26 e outro 27 anos de idade, viveram momentos de terror nas mãos de quatro assaltantes. Um é motorista de aplicativo e o outro foi seu passageiro, que pediu o carro em Campina Grande, no Agreste. Os dois foram rendidos e sequestrados pelo grupo armado, que andou com as vítimas amordaçadas na mala do carro por três horas e os abandonou em Lagoa Seca. O crime foi na terça-feira (10).

As vítimas foram abordadas na Rua Bento Figueiredo Silva, no bairro Bodocongó, quando o motorista deixava o passageiro no destino final. Ao estacionar o veículo em Bodocongó, motorista e passageiro foram rendidos pelos quatro bandidos, três deles estavam armados.

Eles foram obrigados a descer do carro tipo Fox, de placas OGD-5616/PB, e foram amordaçados com as próprias camisas. As vítimas ficaram amarradas na mala do veículo por mais de três horas, sendo abandonadas somente por volta das 3h da manhã, na zona rural de Lagoa Seca.

Os dois rapazes contaram que durante todo tempo eram ameaçados de morte. Os bandidos fugiram levando o carro do trabalhador, celulares, dinheiro, jóias e outros objetos das duas vítimas. Por volta das 5h da manhã, o veículo roubado foi encontrado na Rua São Rafael, no bairro Jeremias. Segundo a polícia, os ladrões perderam o controle do veículo e colidiram o automóvel num muro. Após a colisão, os assaltantes ainda depenaram o carro, levando equipamentos esportivos e acessórios.

Roubo – Por volta das 23h15 desta terça (10), outro motorista de aplicativo também foi roubado em Campina Grande. Desta vez, o caso foi registrado na Avenida Brasília, no bairro de José Pinheiro. O trabalhador passava próximo da concessionária de veículos Caoa, quando foi surpreendido por dois homens armados. Os ladrões fugiram levando o veículo da vítima, tipo Fiat Pálio, de placas OEZ-4723/PB. Esses acusados ainda não foram localizados.

Fonte: Blog do Márcio Rangel

LEIA TAMBÉM

Homem é preso suspeito de tentar explodir casa de ex-companheira com dinamite artesanal, em Campina Grande

Compartilhar