Mototaxistas vão acampar na frente da Prefeitura de Campina para cobrar providências

?

Depois de vários mototaxistas clandestinos serem presos e terem as motos apreendidas durante operação da STTP, na última quarta-feira, 13, a Cooperativa dos Transportes Públicos Alternativos (Cootranspat) decidiu acampar em frente a Prefeitura de Campina Grande, na próxima segunda-feira. A cooperativa cobra o cumprimento de uma promessa de que foi feita na campanha, quando Romero Rodrigues era candidato.

De acordo com o presidente da Cootranspat, Carlos Lima, na época de sua candidatura, o prefeito fez um acordo com a categoria dizendo que só precisaria ganhar para resolver a situação deles. “Estamos próximos do final do mandato e só queremos que ele cumpra com a palavra dele ampliando o número de motos para atuar de forma regular”, disse.

Atualmente a demanda, segundo o representante, seria da abertura de novas vagas para aobsver os mototaxistas, que poderiam estar aptos a atuar no sistema de transportes de passageiros em Campina Grande. “Há muitos motoqueiros fazendo o transporte, mas obviamente só pedimos que ele realzie uma ampliação e regularize aqueles pais de família que atendem as exigências necessárias e legais”, disse.

De acordo com um dos mototaxistas que foi levado ontem à Delegacia Regional de Policia Civil, a abordagem da STTP foi humilhante. “Nós sabemos que por estarmos em situação de clandestinidade teríamos de pagar uma multa ao sermos abordados em uma blitz, mas apreender nossas motos que estão legalizadas e nos levar numa viatura para assinar B.O, como se fossemos bandidos é revoltante”, disse.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *