MPF INVESTIGA: Valor abusivo do combustível em Monteiro

Abastecimento – Foto: Ilustrativa

A cidade de Monteiro, no Cariri da Paraíba, está na mira de uma investigação Federal por praticar preço abusivo de combustível. O Ministério Público Federal abriu um inquérito civil nesta quinta-feira (14) para investigar uma representação que relata o valor do combustível na cidade e região. O preço do litro de gasolina, por exemplo, seria o 2º mais elevado do Estado.

A portaria foi assinada pela procuradora Janaina Andrade de Sousa e publicada no Diário Oficial do órgão desta quinta. A gasolina nos postos de Monteiro é encontrada em uma média de R$ 4,50 por litro. Na Capital, o preço varia entre R$ 3,69 e R$ 4,49.

O Procon estadual fez uma pesquisa este mês no município de Cabedelo e constatou que o preço mais alto da gasolina encontrado foi de R$ 4,29, e o mais barato, R$ 3,87. Já em Patos constatou, a gasolina custa entre R$ 4,19 a R$ 4,69.

Na última segunda-feira (11), a Petrobras anunciou aumento de 1,47% no preço médio da gasolina nas refinarias, após os avanços das cotações internacionais de petróleo. O litro do combustível passa agora a ser vendido a R$ 1,7542.

Redação PB Debate com MaisPB

LEIA TAMBÉM:

VÍDEO: Trânsito do Centro de CG paralisa por duas horas com protesto de motoristas de ônibus

Compartilhar