Não eleitos, ex-deputados devem assumir Secretarias na Prefeitura de Campina

Gabinete do prefeito de Campina Grande (Foto: Reprodução)

Bruno Cunha Lima (sem partido) e Renato Gadelha (PSC), que no pleito de 2018 não foram eleitos, deverão, nos próximos dias, assumir importantes Secretarias na Prefeitura de Campina Grande (PMCG). O prefeito Romero Rodrigues (PSDB) não bateu o martelo, mas já teria estendido o tapete para ambos.

Montagem: Reprodução

O ex-deputado estadual que disputou uma vaga na Câmara Federal, Bruno Cunha Lima, assumiria a Chefia de Gabinete que por muito tempo foi ocupada pelo deputado Manoel Ludgério (PSD) ou a Secretaria de Ciência e Tecnologia, que também foi gerida, em outras oportunidades, por um deputado: Tovar Correia Lima (PSDB).

Já o médico Renato Gadelha ficaria com a Secretaria de Agricultura, pasta que atualmente é comandada por Fábio Agra Medeiros, mas que já comunicou que nas próximas semanas estará deixando a função.

Redação com informações do Blog do Marcone Ferreira

Veja também:

2020 JÁ COMEÇOU: Saiba quem são os pré-candidatos à Prefeitura de Campina Grande

Compartilhar

Enquete

Qual dos prefeitos abaixo mais se destacou positivamente este ano ?

Utilidade Pública

DESAPARECIDA!

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 3,8500
  • LibraR$ 4,7738
  • Peso Arg.R$ 0,0959
  • BitcoinUS$ 3.584,0100

Denuncie pelo WahtsApp