Oficina de biscuit é oferecida para comunidades de Puxinanã

Projeto tem como foco a terapia ocupacional

Está sendo oferecido para as comunidades dos Sítios Campo D’Angola, Lagoa Grande, Barro Vermelho e Grotão, pelo Grupo de Mulheres Artesãs, uma oficina de biscuit todas as quintas-feiras das 13h às 17h, no espaço do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), antigo PETI e PROJOVEM.

O projeto acolhe além das moradoras de Puxinanã, crianças, jovens, homens, adultos e idosos.

O projeto é apoiado pela Secretaria Municipal de Assistência Social

A finalidade do curso é proporcionar uma terapia ocupacional, como também ajudar a quem queira ter uma profissão e um ganhar uma renda extra, afirma Shyrlaine Guimarães, oficineira do curso. A oficina faz parte dos trabalhos desenvolvidos pela Secretaria de Assistência Social (SAS) da Prefeitura.

São responsáveis pelo projeto a secretária de Assistência Social, Leyane Coutinho, o adjunto, Moisés Salles, Amanda, coordenadora do SCFV, além da própria Shyrlaine.

Redação

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enquete

Qual dos prefeitos abaixo mais se destacou positivamente este ano ?

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 3,9000
  • LibraR$ 4,8335
  • Peso Arg.R$ 0,0997
  • BitcoinUS$ 3.541,9200

Denuncie pelo WahtsApp