Operação para combater desvio de encomendas dos Correios cumpre mandados em Araruna

Aparelhos apreendidos – Foto: PF

Uma operação para combater o desvio de encomendas dos Correios foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (12) pela Polícia Federal da Paraíba. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Araruna, no Curimataú da Paraíba. A Operação ‘ATE’ contou com 15 agentes federais e encontrou centenas de correspondências desviadas dos Correios e violadas.

A ordem de busca e apreensão foi expedida pelo Juiz Federal da Vara de Guarabira, no Brejo. Os criminosos tinham acesso as encomendas a serem entregues pelos correios. Posteriormente, desviavam as mesmas para venda informal no comércio da região. As investigações indicam que a maioria das encomendas desviadas era de aparelhos celulares que eram comprados através da internet.

Para a prática deste crime, segundo a PF, um funcionário dos Correios teria que facilitar o acesso regular às encomendas. Há ainda, pelo menos, mais um terceiro envolvido no crime, que realizava a venda das encomendas. Realmente, foi constatada a presença de um dos funcionário dos Correios, suspeito de participação no esquema criminoso. Os investigados responderão por peculato, Artigo 312 do Código Penal, cuja pena poderá chegar à 12 anos de reclusão.

“ATE” – O nome da operação é uma alusão à deusa grega Ate que é vista como a personificação do
erro e da tolice. Segundo a mitologia, a deusa Ate significa a ruína, o engano, o erro, a tolice e a cegueira da razão, que interferia no destino daqueles que não pensavam em suas ações e sofriam consequências.

Redação PB Debate com Blog Márcio Rangel

LEIA TAMBÉM

Casal suspeito de maltratar e torturar menino de sete anos depõe e é liberado

Compartilhar