Orquestra Sinfônica realizará concerto comemorativo e abrirá show dos Paralamas, na segunda (5), em JP

Na próxima segunda-feira (5) a Orquestra Sinfônica da Paraíba realizará concerto em homenagem aos 434 anos da capital e vai abrir o show do Paralamas do Sucesso, grupo liderado pelo paraibano Herbert Viana. Os dois shows serão na Fundação Espaço Cultural, no bairro Tambauzinho, em João Pessoa.

As apresentações foram anunciadas pelo governador João Azevedo no último dia 22, no programa semanal Fala Governador, transmitido pela Rádio Tabajara, como integrantes da programação cultural alusiva ao aniversário da cidade.

O concerto, com início previsto para às 18h30, terá regência do maestro Luiz Carlos Durier.

Prestando também uma homenagem ao centenário do artista paraibano Jackson do Pandeiro, a orquestra abrirá a apresentação com a “Abertura Jack – É – Centenário”, composição do paraibano Emanuel Barros.

“Seleção Ary Barroso”, de autoria do maestro e oboísta pernambucano Maestro Duda, vem em seguida. O concerto comemorativo continua com a execução de “Só Sambas”, do maestro e pianista brasileiro do Rio Grande do Sul Cyro Pereira e “Salve Salvador”, do trompetista baiano Wellington das Mercês. Três composições do Maestro Duda completam o programa e encerram o concerto: “Melhor do Xotis”, “Algodão Baião” e “Formigão”.

“Este ano faremos uma apresentação diferente”, explicou o maestro Luiz Carlos Durier. “A Orquestra vai tocar sozinha, abrindo o show do Paralamas do Sucesso. E nós escolhemos um repertório que é um grande passeio pela música popular brasileira e principalmente aquela que é dedicada à música nordestina, a música de raiz, a MPB nordestina. E ainda faremos, nesse momento, uma homenagem a Jackson do Pandeiro, em comemoração também ao seu centenário de nascimento. Os arranjos são espetaculares, o que prova que a MPB é possível, com qualidade, com muita força artística, ser tocado por uma orquestra sinfônica, por um grupo sinfônico. Então, nós estamos felizes e nos preparando para fazer um grande concerto”, destacou.

Compartilhar