Paraibano que morava no Sudeste some de ônibus e família pede ajuda para encontrá-lo

Edvan – Foto: acervo pessoal

Seu Edvan Pereira da Silva, 61 anos, saiu de São Paulo no último sábado (30) com destino à Paraíba num ônibus da viação Guanabara.

No entanto, o ônibus chegou na rodoviária de Campina Grande, mas Edvan não estava nele. Ele residia na cidade do Guarujá, Litoral Sul de São Paulo. De acordo com uma filha, ele ia passar a morar em Cubati, no Seridó paraibano.

Segundo a filha de Edivan, ele teria ficado em algum ponto de apoio durante o percurso ou por esquecimento ou por ter dormido. O motorista disse à família que ele tinha ficado no terminal de passageiros na cidade de Serra Talhada, no Sertão pernambucano.

Porém, a Guanabara não confirma essa informação. A versão da empresa é de que, em Serra Talhada a parada é rápida, apenas para embarque e desembarque.

“O ônibus chegou às 12h58 na rodoviária de Campina Grande, mas meu pai não desceu dele. Até nos mostraram as câmeras de segurança da rodoviária e meu pai não desceu. Ou porque estava dormindo ou algo do tipo ou porque teria sido ‘esquecido’ numa rodoviária de outra cidade”, disse a filha de Edvan. Ela está muito preocupada com o sumiço do pai.

A família de Edvan pede para ajudar nas buscas. Pela foto, quem ver o homem desaparecido em viagem, favor informar à imprensa da Paraíba.

Heleno Lima

LEIA TAMBÉM

Idosa morre após ser picada por cobra jararaca em cidade do Cariri

Compartilhar