Paulo Cupertino, que matou Rafael Miguel, tem prisão decretada pela Justiça

Rafael – Foto: arquivo pessoal

Na noite desta terça-feira (11), a Justiça de São Paulo decretou a prisão temporária de Paulo Cupertino Matias, assassino do ator Rafael Miguel, de 22 anos, e dos pais dele, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos. O homem que matou a família a sangue frio agora é considerado foragido da Justiça. A Polícia Civil pede para que denunciem o paradeiro do acusado no 181 que a identidade do denunciante é preservada.

No mesmo dia, a polícia fez buscas em mais de 15 endereços para tentar encontrar o comerciante, de 48 anos. Ainda na terça, a polícia localizou o carro usado pelo criminoso para fugir do local de onde cometeu o crime, um veículo vermelho adulterado.

Cupertino, procurado -Foto: PC

O veículo foi encontrado na Avenida Batista Maciel, no Jardim Pedreira, próxima à Estrada do Alvarenga, na zona sul de São Paulo. Matias segue sendo procurado pelos agentes. Inclusive, os policiais voltaram à casa dele, porque tinham informado que o acusado poderia estar escondido lá. Mas nenhuma evidência do paradeiro ainda foi passada a Polícia.

Crime –Rafael Miguel foi assassinado a tiros em São Paulo no domingo (9), na casa do acusado. O sogro de Rafael é o acusado de ter matado a família porque estava com ciúmes do namoro da filha dele Isabela com Rafael. Após o triplo homicídio, Paulo fugiu e segue procurado pela PC de São Paulo, que investiga o caso.

Redação PB Debate com Metrópoles

LEIA TAMBÉM:

Ator e pais são assassinados à queima roupa em São Paulo

DENUNCIE: Assassino de ator Rafael Miguel e seus pais tem foto divulgada

ASSASSINATO:“Minha mãe não está do meu lado”, desabafa Isabela, namorada de Rafael Miguel

Compartilhar