Paulo Guedes pede desculpas por chamar servidor público de “parasita”

Foto: Reprodução

Depois de comparar servidores públicos a ‘parasitas’, na sexta-feira (7), e da repercussão no fim de semana, que envolveu de setores do governo e da oposição a entidade representativa da Polícia Federal, o ministro da Economia, Paulo Guedes, usou o WhatsApp, nesta segunda-feira (10),  para enviar mensagens a jornalistas, amigos e familiares para se retratar.

Apesar de se desculpar, o ministro fez questão de destacar que sua declaração foi retirada de contexto e que ele se expressou mal. Segundo o site BR Político, Guedes afirmou que se referiu a servidores ‘parasitas’ de “estados e municípios em casos extremos. Quando toda a receita vai para salários e nada para saúde, educação e segurança”.

Para o jornalista e colunista Luiz Carlos Azedo, a polêmica provocada por Guedes poderá prejudicar a  aprovação da reforma administrativa.

O governo promete para esta semana o envio do texto ao Congresso com as novas regras para regular o desempenho funcional do servidor do Executivo da União. Entre outras mudanças, o governo quer acabar com a estabilidade no serviço público federal.

VEJA TAMBÉM:

Frota posta foto de novo secretário do Governo Bolsonaro mordendo bunda de mulher

Compartilhar