Polícia Civil prende suspeito de integrar grupo criminoso em CG

(Foto: Reprodução/Walla Santos)

A Polícia Civil prendeu, neste sábado (30), mais um homem suspeito de integrar um grupo criminoso que produzia e traficava drogas em Campina Grande. 

Kaio César Dias Reis foi preso por equipes da Delegacia de Crimes Contra Patrimônio de Campina Grande (DCCPat/CG). A prisão ocorreu dois dias após a Polícia descobrir um laboratório clandestino de drogas no bairro de Jeremias, em Campina Grande.  Quatro pessoas foram presas no local. 

“Dando continuidade às ações desta semana que desmantelou laboratório de drogas, nossa equipe prendeu mais um suspeito, na manhã deste sábado”, afirmou o delegado Vitor Melo, titular da DCCPAT/CG.

Kaio foi localizado no bairro Santa Rosa, de posse de um quilo de cocaína, além de balança de precisão e outros apetrechos relacionados ao tráfico de drogas. 

Além de um laboratório de drogas, a Polícia Civil também localizou uma casa de chamados “jogos de azar” que funcionava em Campina Grande. 

No imóvel localizado no Centro de cidade, os policiais prenderam Antônio Marcos Da Silva. Ele teve a prisão decretada pela Justiça. 

Com ele, foram apreendidas 12 máquinas de caça-níqueis. 

Já no Bairro Jeremias,  onde funcionava o laboratório de drogas, foram presos Derlayne Pereira dos Santos, Paulo Ezequias Borges de Souza e James Carlos Marcolino e João Henrique Nunes da Costa.

Com eles,  foram apreendidos cerca de 3,5 quilos  de pasta base de cocaína, 20 L de substância química utilizada para industrialização de drogas, cerca de meio quilo de maconha, uma balança de precisão, uma prensa mecânica e demais artefatos utilizados  na industrialização clandestina.

Por: ClickPB

Compartilhar