Polícia encontra restos mortais de Ana Katarina que estava desaparecida desde o ano passado

O delegado Durval Barros e a equipe de investigação da Polícia Civil foi hoje à tarde (23) ao local do início das investigações, onde o ex-namorado de Ana Katarina, 17, o cabeleireiro Alisson Bruno, 21, enterrou a adolescente e encontrou restos mortais do corpo, caracterizando assim mais provas contra ele.

A adolescente que estava desaparecida há nove meses foi morta e queimada pelo namorado em junho do ano passado.

Alisson desenterrou a jovem desse primeiro local, levando seu corpo para a zona rural da Cidade de Boa Vista onde terminou de concluir o crime, queimando o corpo da jovem. Ele está preso desde o dia 3 de abril por força de um mandado de prisão.

De acordo com o delegado Durval Barros, o caso teve bastante repercussão e a família procurou a garota por vários meses. “Este caso chamou a atenção dos moradores da região pelo desaparecimento da menina e agora ainda mais pelo desfecho. A Polícia esteve a todo o momento atenta a todos os detalhes e agora lamentamos o ocorrido, mas estamos elucidando um assassinato brutal”, disse.

Redação

Compartilhar