Prefeito chama quadrilheiros de “mesquinhos e rasteiros” e passa vexame

Junina Malicia de Menina

A presidente da quadrilha Malicia de Menina de Pocinhos, Carol Souto, emitiu nota na última quarta-feira (06), onde desmentiu o prefeito de Pocinhos Cláudio Chaves (PTB).

O prefeito emitiu uma nota à imprensa onde justificou que o protesto realizado pela quadrilha no último dia 28 de junho, em frente à sua casa, reivindicando um transporte para se apresentarem em outro município, não passou de um método “mesquinho e rasteiro”. Cláudio ainda disse que não pôde atender à solicitação haja vista o pedido foi feito “de última hora”.

Oficio encaminhado em 02 de junho de 2016
Oficio encaminhado em 02 de junho de 2016

De acordo com Carol Souto, ofícios foram encaminhados antecipadamente ao prefeito, onde descrevia datas e locais das apresentações. “Entreguei vários ofícios na prefeitura. Um deles ofício este de Nº 3/2016, entregue e recebido dia 02/06/2016, descrevia datas e locais de possíveis apresentações onde a Quadrilha Junina Malícia de Menina iria participar, porém podendo ser alteradas a qualquer momento, assim também estava escrito no ofício”, informou.

O prefeito ainda informou que, no dia da viagem o ônibus estaria atendendo aos munícipes que estudam nas universidades e faculdades de Campina Grande, mas a integrante da junina disse que essa foi apenas uma desculpa: “Porque o nosso horário seria após o ônibus ter chegado à cidade. Havia ônibus disponível e havia motorista disponível. Ou seja, o prefeito não cedeu o transporte porque não quis”.

Carol ainda justificou que os quadrilheiros não estão usando formas “mesquinhas e rasteiras”, como disse o prefeito, mas sim, reivindicando seus direitos. “Não estamos usando de politicagem e nem muito menos de métodos ‘mesquinhos e rasteiros’, como o próprio citou em sua declaração. Temos direitos e iremos atrás deles. Somos inteligentes o suficiente para dizer o que queremos e saber o que podemos fazer”, desabafou.

 Redação.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *