Prefeito de Campina contraria senador tucano e diz que não vai protestar contra Dilma

O prefeito de Campina Grande  Romero Rodrigues (PSDB) disse ontem, que não vai às ruas no dia 13 de março pedir o impeachnment da presidente Dilma Rousseff.  A declaração foi dada, minutos após o senador Cássio Cunha Lima ter entrado por telefone durante a entrevista do gestor municipal e feito um chamamento  à população, para participar da manifestação pela saída da presidente e em defesa da Operação Lava-Jato.

Romero Rodrigues disse que constituiu parcerias importantes com o governo federal e até agora não participou de nenhum ato contra a presidente Dilma Rousseff. “Vou manter a coerência de sempre, já que não participei de nenhum ato até agora e por uma questão de lógica… Não escondi de ninguém que mantemos parcerias com o governo federal em ações estruturantes temos realizado na cidade”, disse.

O chefe do executivo campinense disse que respeita as manifestações enquanto demonstrações democráticas e reconhece a crise econômica intensa pela qual o país passa, mas que participar do movimento também seria incompatível com seu cargo. “Faço parte de um partido de oposição ao governo federal, mas até pela característica do cargo que eu exerço que é executivo eu vou me dar o direito de não ir à manifestação do próximo domingo”, disse.

Paraibadebate

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *