Prefeito de Puxinanã encerra ano com pagamento do funcionalismo antecipado graças a racionalização dos recursos

O prefeito Felipe Coutinho (PRB) disse que mesmo com a crise vem conseguindo pagar as contas e o salário dos funcionários em dias e em alguns meses, de forma antecipada, por causa de ajustes realizados na administração pública.

De acordo com ele, a Prefeitura diminuiu gastos para amenizar os efeitos da crise sobre a receita do município, mas ao mesmo tempo, ampliou os investimentos nas áreas de educação e saúde, ultrapassando o mínimo preconizado pela Justiça que é de 15% para 50%. “Temos adotado medidas para economizar sem afetar os serviços essenciais como a saúde, a educação e a infraestrutura, inclusive este ano, como no ano passado, investimos mais de 50% na educação e saúde”, disse.

Felipe Coutinho disse que outra prioridade é o funcionalismo. “Mesmo com a crise econômica nacional, tentamos obter equilíbrio financeiro para garantir o mínimo direito dos trabalhadores que é receber o salário, as férias, o décimo terceiro em dias. E quando dá antecipamos. É um compromisso com o funcionalismo”, disse.

Já no dia 14 deste mês, o prefeito anunciou o pagamento do décimo terceiro salário, em parcela única, de todas as categorias da administração municipal.

O equilíbrio da receita é um dos indicadores da gestão de Felipe Coutinho, que teve sua contas referentes ao exercício do mandato no ano de 2017, aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB).


Compartilhar