Presidente da CBF descarta corte e diz ter ‘total confiança’ em Neymar

Rogério – Foto: divulgação

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, descartou nesta terça-feira (4) a possibilidade de Neymar ser cortado do grupo da Seleção Brasileira de Futebol. O jogador é alvo de acusação de estupro,  seleção brasileira que vai disputar a Copa Américaa no país a partir de 14 de junho. O dirigente ainda declarou que tem total confiança no jogador do Paris Saint-Germain e na sua defesa neste caso.

“Não há expectativa alguma de que o Neymar não esteja na seleção. Estamos acompanhando atentamente com total confiança no Neymar”, afirmou o dirigente, em entrevista ao SporTV em Paris, onde participa de Congresso da Fifa que reelegerá Gianni Infantino, candidato único, como presidente da entidade.

Assim, o presidente da CBF adotou um discurso parecido ao de Tite, o técnico da seleção brasileira, que na segunda-feira declarara que não poderia “julgar” Neymar, mas que o atacante sempre foi “leal” em todos os assuntos pessoais tratados na seleção.

Caboclo também explicou que, após a revelação da denúncia contra Neymar, no último fim de semana, conversou com o pai do jogador, mas não diretamente com o atleta do PSG. “Eu tenho conversado com os advogados, com o pai e dado o apoio que a CBF tem de dar. Ele está muito bem amparado”, concluiu.

Redação PB Debate com Veja

LEIA TAMBÉM:

Neymar apaga vídeo que expôs conversas com mulher que o acusa de estupro; delegacia abrirá inquérito

Compartilhar