Presidente da CDL, Artur Bolinha defende ampliação do São João para 40 dias

Artur Bolinha (Foto: Ascom)

Depois do prefeito Romero Rodrigues (PSD) ter ventilado a possibilidade de ampliar o São João de Campina Grande de 31 para 40 dias, no próximo ano, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade endossou nesta terça-feira (09) a proposta. Artur Bolinha, que foi candidato a prefeito de Campina Grande nas eleições de 2016, disse que o aumento dos dias da festa seria positivo para a economia da cidade.

A ideia dele é que o ‘Maior São João do Mundo’ tenha início no fim do mês de maio, com os festejos sendo prolongados para o mês de julho. Com isso, o fim da festa coincidiria com o início do Festival de Inverno da cidade. “Em Gramado eles fizeram algo parecido e tem dado certo. E a gente aproveitaria a estrutura montada no Parque do Povo para o Festival de Inverno”, observou Bolinha.

Para o comércio, o São João é sinônimo de aquecimento nas vendas. As estimativas da prefeitura são de que a festa movimente, por ano, cerca de R$ 200 milhões na economia da cidade.

Na última sexta-feira (05) o prefeito Romero Rodrigues também voltou a falar sobre o projeto para ampliar a área da festa. O ‘Novo Parque do Povo’ teria uma área superior ao atual, com 42,5 mil metros quadrados, e seria construído na Estação Velha. O prefeito não descartou que já em 2020 o projeto possa sair do papel.

Redação Paraíba Debate com informações do Pleno Poder

VEJA TAMBÉM:

Programação do São João 2020 será divulgada ainda este ano e festa poderá ter 40 dias, revela Romero

Compartilhar

Enquete

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 4,3200
  • LibraR$ 5,4488
  • Peso Arg.R$ 0,0694
  • BitcoinUS$ 7.202,0000

Denuncie pelo WahtsApp