Presidente do Campinense não comparece a solenidade de posse neste sábado (15)

Eleito presidente do Campinense, em meio a uma crise sem precedentes, o empresário Antônio Carlos Cavalcanti, não compareceu a solenidade de posse da nova diretoria, e especula-se que ele tenha desistido de comandar os destinos do clube.

Erivaldo não tomou posse na noite de ontem, para quando estava marcada a solenidade, que já havia sido adiada duas vezes.

Na manhã deste sábado, utilizando-se de um aplicativo de troca de mensagens, Erivaldo pediu desculpas a seus pares de diretoria, colaboradores e torcedores em geral, e confirmou em um grupo que não assumirá mais o cargo para o qual foi eleito há três semanas.

O empresário Antônio Carlos Cavalcanti, eleito vice-presidente do clube, disse que estava em Bananeiras ontem à noite e por isso não compareceu à solenidade de posse.

Ele avisou que anunciará seu posicionamento em relação à desistência de Erivaldo neste sábado (15).
Ontem à noite apenas membros eleitos para os Conselhos Fiscal e Deliberativo do Rubro-Negro tomaram posse.

A assessoria de imprensa do Campinense divulgou nota sobre a solenidade. Leia a íntegra abaixo.

Comunicado

Os conselheiros eleitos (fiscal e deliberativo) tomaram posse na noite desta sexta-feira (14), em uma reunião no estádio “Renatão”. O encontro foi conduzido pelo Presidente da Comissão Eleitoral, William de Paiva.

Depois de serem empossados, os novos conselheiros debateram, de forma aberta, diversos pontos estatutários e, principalmente, o momento administrativo da instituição.

Foi marcada para a próxima semana uma reunião para que algumas decisões sejam tomadas, entre elas, o processo de votação para a escolha do novo presidente do Conselho Deliberativo. Após a definição do novo presidente, o Conselho definirá a data para dar posse a nova diretoria executiva eleita nas eleições gerais do último dia 26 de maio.

Fonte: PBAgora

Compartilhar