Priorizar economia pode ter contribuído para o caos na Itália; entenda

156
Foto: Reprodução

Para não prejudicar a economia, a Itália quando apresentava poucos casos do novo Coronavírus (Covid-19) em meados de fevereiro – cerca de 600 infectados e 47 mortos – barrou medidas de propagação do vírus que, de acordo com a imprensa internacional, já fez mais de 5 mil vítimas fatais.

Prefeitos e governos regionais chegaram a baixar uma série de regulamentos que foram depois corrigidos ou revogados por ordem de Roma. Por exemplo, algumas regiões sem contagiados, como Marche, decretaram o fechamento preventivo das escolas e proibiram aglomerações públicas. O primeiro-ministro Giuseppe Conte ameaçou contestar a normativa, já que “contribuía para gerar o caos”, e um Tribunal acabou por suspendê-la.

Na Lombardia, inicialmente os bares foram proibidos de abrir à noite, uma medida que foi revogada dois dias depois.

Em um encontro com os correspondentes estrangeiros em Roma, o ministro de Relações Exteriores, Luigi di Maio, lamentou que alguns países, como Israel e Rússia, tenham recomendado seus cidadãos a não viajarem à Itália (outros, como a Espanha, desaconselharam apenas viagens ao norte) e garantiu que o país é um lugar seguro.

“Nossos filhos vão à escola na maioria das nossas cidades, e os turistas e investidores podem vir com tranquilidade”, afirmou. E reconheceu que o surto de Coronavírus está abalando o sistema produtivo italiano.

Nesta quarta-feira (25), um mês depois da Itália priorizar setores como o de turismo para barrar o impacto do Coronavírus, mais de 60 mil pessoas estão infectadas e 5.542 mortas.

BRASIL

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), parece querer fazer o que a Itália fez inicialmente ao pedir, em cadeia nacional, que os brasileiros voltem ao trabalho e deixem o isolamento social para que a economia não pare, desprezando medidas de prevenção dadas pelo seu próprio Governo através do Ministério de Saúde, e as mais de 2 mil pessoas com o vírus e as 47 mortas.

ACESSE TAMBÉM:

Secretário de Saúde revela que pessoas diagnosticadas com Coronavírus na Paraíba estão curadas

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 5,3100
  • LibraR$ 6,3539
  • Peso Arg.R$ 0,0793
  • BitcoinUS$ 6.239,3800

Denuncie pelo WhatsApp