PT vai às ruas defender João Azevêdo e Lígia Feliciano: “A vontade popular tem que ser respeitada”

23
Ato do PT pró-João durante a campanha de 2018 (Foto: Reprodução)

O presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) da Paraíba, Jackson Macêdo, garantiu nesta terça-feira (11) que os militantes da sigla irão tomar as ruas caso o processo de impeachment contra o governador João Azevêdo (Cidadania) e a vice, Lígia Feliciano (PDT), tenha sequência na Assembleia Legislativa (ALPB). O pedido assinado por 12 deputados, tendo Wallber Virgolino (Patriotas) como autor, está nas mãos da Procuradoria da Casa que analisa a base jurídica do processo.

“Você não pode golpear um governo eleito democraticamente dessa forma, sem motivo. A vontade popular tem que ser respeitada. Desde o golpe vivido pela nossa companheira Dilma [ex-presidente] que a democracia no Brasil está em risco. O PT vai denunciar isso, nós vamos ocupar às ruas junto com os movimentos sociais”, disse Macêdo.

Além do PT, outros partidos manifestaram apoio ao governador. Foram eles: PCdoB, Cidadania, Democratas, Avante, PTB, Republicanos, Rede, PL, Podemos, PMN e PDT.

Redação Paraíba Debate

ACESSE TAMBÉM:

Deputados emitem nota de solidariedade ao presidente da ALPB, Adriano Galdino

Advogado afirma: esquerdas não elegerão ninguém pelos próximos 40 anos

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp