[bar id="70567"]

Quatro seringas com sangue são apreendidas perto do Parque do Povo

Imagem: agulhada / reprodução TV PB

Quatro seringas com sangue foram apreendidas pela Polícia Civil numa rua paralela ao Parque do Povo, na madrugada do domingo (17), durante o Maior São João do Mundo. De acordo com o delegado Henry Fábio, que está investigando o Caso das Agulhas, informou que um homem foi detido próximo ao local onde acontece o evento, mas liberado em seguida.

O delegado ainda informou que, dentro das seringas, havia um líquido avermelhado. O material foi submetido a exames e foi constatado que se tratava de sangue, mas numa proporção pequena e diluída em soro fisiológico. Ele disse que não há como determinar se o sangue no interior das seringas é humano. No entanto, foi constatado que não havia nenhuma doença no sangue examinado.

A pessoa que foi detida e conduzida à Central de Polícia Civil de Campina Grande foi ouvida pelo delegado e liberada em seguida. Segundo Henry Fábio, o homem explicou que estava indo para o Parque do Povo e não tinha nenhuma ligação com as seringas encontradas.

Atualizações – Até as 7h desta segunda-feira (18), 38 pessoas foram atendidas no Hospital de Trauma de Campina Grande após relatarem ter sido vítimas de ferimentos por objetos semelhantes a agulha. Desses, 33 foram no Parque do Povo e cinco no bloco junino Namoradrilha, que aconteceu no dia 2 de junho. São 24 homens e 14 mulheres. Desde o dia 11 de junho, o Hospital recebe as vítimas, que apresentam os mesmos relatos de ferimentos por agulhas.

Fonte: G1/PB

Veja também: Apreendido material que seria usado em explosões de bancos na PB

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *