[bar id="70567"]

Relembre a trajetória política de Rômulo Gouveia

Imagem: Rômulo / divulgação

Filho de José Antônio de Gouveia (taxista aposentado) e Berenice de Almeida Gouveia (dona de casa), Rômulo Gouveia era casado com a ex-deputada estadual, Eva Gouveia com quem teve quatro filhos: Robson, Lucas, Pablo e Rômulo Filho.

Rômulo era administrador, bacharel em Direito. Foi presidente SAB (Sociedade de Amigos de Bairro) do Jardim Tavares em Campina Grande e da UCES (União Campinense de Equipes Sociais), em 1989 foi convidado para ocupar o cargo de coordenador da Merenda Escolar da 3ª Região de Ensino em Campina Grande, depois, Diretor Regional da Companhia Estadual de Habitação Popular em 1991, até entrar na política em 1992 quando foi eleito vereador da cidade de Campina Grande.

Após o primeiro mandato como vereador, Rômulo foi reeleito no ano de 1996, mas não concluiu o mandato, já que foi eleito deputado estadual em 1998, onde exerceu a deputação até 2007, como presidente da Assembleia Legislativa (ALPB).

Em 2004, tentou pela primeira vez se eleger prefeito de Campina Grande, mas foi derrotado por Veneziano Vital do Rêgo, com uma diferença de menos de 800 votos. No ano de 2006, foi eleito como deputado federal, sendo o terceiro mais votado da Paraíba.

Em 2008, tentou assumir a prefeitura de Campina Grande pela segunda vez, mas foi derrotado novamente por Veneziano.

No ano de 2010, foi eleito vice-governador da Paraíba, em uma aliança com Ricardo Coutinho (PSB). Porém, em 2014, Rômulo rompe com o governador e anuncia que se candidataria a Câmara dos Deputados, sendo eleito com mais de 80 mil votos.

Veja também:

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *