Revoltados, moradores picham prédio de homem acusado de ‘estuprar’ cadela, em Campina Grande

Imagem: Reprodução/Internet

Um homem acusado de estuprar uma cadela no Bairro Portal Sudoeste, em Campina Grande, teve a fachada do muro onde reside pichada pelos moradores da localidade. Revoltados com o ocorrido, a população escreveu frases na parede em ataque ao homem de 30 anos que foi denunciado domingo (6).

Entenda o caso:

Uma ocorrência no mínimo inusitada foi registrada pela Polícia na noite de domingo no Portal Sudoeste. Uma dona de casa acionou o Batalhão Ambiental da Polícia Militar para denunciar seu próprio vizinho, que segundo ela, teria sequestrado sua cadela e praticado relações sexuais com o animal dentro do apartamento onde ele mora.

O caso foi denunciado por uma bombeira civil, de 37 anos, que é a proprietária do animal. Ela contou que sua cadela estava presa, e seu vizinho, um homem de 30, teria a levado para dentro do seu apartamento, onde praticou o ato.

“Ele levou a cachorra para dentro do apartamento, ligou o som com o volume alto e praticou sexo com a cadela dentro do banheiro. Essa não foi a primeira vez que ele fez isso, em junho deste ano, já havia acontecido isso e o próprio filho dele havia flagrado o ato”, disse.

O acusado foi detido e encaminhado para delegacia, ele prestou depoimento e negou as acusações. O homem vai responder sobre as acusações em liberdade.

VEJA TAMBÉM:

CRUELDADE: Gato é morto após mulher arremessá-lo em quintal com pitbull em João Pessoa

Compartilhar

Enquete

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 4,2300
  • LibraR$ 5,2414
  • Peso Arg.R$ 0,0691
  • BitcoinUS$ 7.469,0000

Denuncie pelo WahtsApp