Romero não garante ser candidato em 2022 e sobre deixar a Prefeitura, diz: “Vai deixar saudade e gratidão”

15
Foto: Josumar Barbosa

No último ano de seu mandato, e faltando menos de 12 meses para deixar o cargo, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), já planeja o seu futuro político. Romero que antes de ser prefeito, foi vereador na cidade, deputado estadual e deputado federal, deve ficar pelo menos dois anos sem exercer nenhum cargo político, já que as próximas eleições serão em 2022.

Romero disse, durante entrevista concedida a uma rádio local, não saber se deseja disputar novas eleições em 2022 e que ‘o tempo é quem dirá’. Ele observou que os oito anos à frente da gestão da Rainha da Borborema “vai deixar saudade e gratidão”. Ele disse ainda que não pretende exercer algum cargo na Prefeitura de Campina Grande, caso o sucessor venha do grupo político que pertence.

“Será um momento de reflexão e eu estou super tranquilo a esse respeito. Vou parar dois anos, estou com consciência tranquila e não está na minha pretensão de querer opinar em nada, caso a gente consiga eleger um aliado, a não ser que eu seja consultado. Ocupar um cargo na Prefeitura não passa pela minha cabeça nesse instante, mas vou ficar mais presente com minha família e, como sou presidente de um partido, vou trabalhar para fortalecê-lo ainda mais na Paraíba”, disse o também presidente do PSD e que em 2018, ainda no PSDB, chegou a ser pré-candidato a governador.

VEJA TAMBÉM:

Galdino cita nomes que podem disputar a Prefeitura de Campina Grande com o apoio de João Azevêdo

Romero já anda pelas ruas de Campina Grande com o ‘seu candidato’

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp