Sem partido e lembrado para 2020, Bruno Cunha Lima conversa com Romero sobre possível filiação ao PSD

Romero e Bruno (Foto: Reprodução)

A saída do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, do PSDB rumo ao PSD, pode gerar ainda novas filiações para o partido presidido no Estado por Eva Gouveia. Romero trabalha para levar, além de boa parte dos vereadores de sua base, o ex-deputado estadual e atual chefe de gabinete da Prefeitura, Bruno Cunha Lima (sem partido), para a nova legenda.

Bruno que é pré-candidato à prefeito, não descartou, em recente entrevista, a possibilidade de ir para o PSD. “Estou em fase de definição inclusive tenho conversado com Romero que fez agora essa passagem para o PSD sobre essa possibilidade, por que não? Não vejo grandes dificuldades”, disse.

O jovem político em 2012 foi o vereador mais votado da cidade com 4.631 sufrágios pelo PSDB. Em 2014, encarrou a campanha para deputado estadual conquistando uma vaga na Assembleia Legislativa (ALPB) com mais de 34 mil votos e em 2018, pelo Solidariedade, alcança 44.143 votos para federal. ficando na suplência.

Redação Paraíba Debate

VEJA TAMBÉM:

Inácio Falcão tem reunião com João Azevêdo e especulações sobre candidatura em 2020 aumentam

Compartilhar